Image Map

S O B R E

Olá. Chamo-me Mário Teixeira e sou arquiteto. O fascínio pelas inúmeras formas de expressão artísticas são o ponto de partida para a criação deste blog. É através destas páginas que vos proponho uma viagem pelo mundo das artes, com especial destaque para arquitetura portuguesa. Enjoy!

Portefólio

C O N T A C T O

Se quiserem falar comigo, partilhar trabalhos, parcerias, sugestões, reclamações, ou outra coisa qualquer... o caminho é por aqui:

formascriticas@gmail.com


F O L L O W

facebook
Instagram
Pinterest


P A R C E I R O



Image Map

  • → Sítio da Lezíria por atelier DATA. ©Richard John Seymour

    O Sítio da Lezíria é mais uma lindíssima reabilitação projectada pelo atelier lisboeta - atelier DATA. A habitação de 212m2 implantada nas idílicas paisagens de Alcáçer do Sal, no Alentejo, representa aquilo que todos nós entendemos por “sítio”. Certo? 

    Adorava poder passar uns dias de pleno descanso neste pequeno volume dominado pelos tons claros, pela métrica dos vãos, pela fantástica expressão dos apoios da cobertura inclinada e claro, pelo aspecto acolhedor e contemporâneo. Enfim tudo parece perfeito…

    A destacar os fantásticos vãos exteriores.

    A memória descritiva e mais umas quantas imagens podem ser vistas aqui. Take a look

  • → Inspiration Board: Stairs

    1. Casa Park por Another Apartment. / 2. Casa na Restauração por EZZO. ©João Ferrand / 3. Casa H por Wiel Arets. ©João Morgado / 4. Autor Desconhecido / 5. Filp Flat por QC Studio. / 6. Autor Desconhecido. / 7. Casa em Palmela por Paratelier. ©Leonardo Finotti / 8. Apartamento SDM por Arquitectura en Movimiento. / 9. Casa Gago por Pezo von Ellrichshausens. ©Cristobal Palma / 10. Casa Cubo por Isay Weinfeld. ©FG+SG

  • → Sharifi-ha House por Next Office. ©Salar Motabari

    A casa Sharifi-ha do atelier Next Office em Tenran, no Irão, foi um dos poucos projectos que me chamaram atenção durante o meu período de férias.

    Não sou fã dos interiores deste edifício, mas, não posso deixar de fazer referência ao excelente trabalho que este atelier realizou com a fachada. Adorei a ideia da mutação/metamorfose, que me fez lembrar os conhecidos - Transformres - e as diferentes disposições que estes volumes revestidos a madeira podem adquirir. Acima o conceito e algumas imagens que explicam todo o processo. 

    O projecto completo pode ser visto aqui. Take a look

  • → Formas Críticas vence #aquelemomento por Samsung Portugal

    É com enorme orgulho que partilho com vocês que o perfil do instagram do blog, para quem não o conhece vejam-no aqui, foi o vencedor do concurso #aquelemomento promovido pela Samsung Portugal, como o perfil mais criativo. Yeah

    Um obrigado à Samsung Portugal e ao júri por confiarem no meu trabalho e parabéns à @Tinyportuguese, perfil que ganhou a melhor foto.

    Acima, as imagens seleccionadas pela Samsung Portugal, todas captadas com um Samsung s4 Black Edition e editadas no vsco. Mais pormenores aqui.

    Follow me here, if you want! :)

  • → Siza House por Siza Vieira & Carlos Castanheira. ©FG+SG

    Depois de umas merecidas férias… o blog está de volta! Por isso, para começar da melhor forma esta “nova temporada”, nada melhor que partilhar com vocês a Siza House em Taichung, Taiwan

    Este projecto que foi inaugurado ontem, assinado pelo próprio Siza Vieira e pelo seu fiel colaborador Carlos Castanheira, faz parte do clube de golf de Taifong e pelas imagens acima, captadas pelo Fernando Guerra, podemos observar que é mais um fantástico projecto que em todos os seus pormenores “grita” Siza. Não concordam?

    A destacar os belíssimos “cortes e recortes” do volume que o Siza já nos tem habituado, mas que neste caso estão especialmente geniais, imprimindo ao volume leveza e elegância. E claro… o betão e a sua fantástica métrica/expressão, que me fez lembrar os projectos do conhecido arquiteto japonês - Tadao Ando

    As imagens dos interiores podem ser vistas aqui. Take a look

  • Current location: #Sevilla ❤ #formascriticasonholidays w/ @acatarinaa

    Current location: #Sevilla ❤ #formascriticasonholidays w/ @acatarinaa

  • Current location: #algarve ❤ #formascriticasonholidays w/@acatarinaa

    Current location: #algarve  #formascriticasonholidays w/@acatarinaa

  • → Piscina Casa no Tempo por Aires Mateus & João e Andreia Rodrigues. ©Nelson Garrido & Álvaro Manso

    Agosto é sinónimo de férias, praia, piscina, mergulhos e afins… Por isso, hoje, não posso deixar de partilhar no blog a fantástica piscina da Casa no Tempo, projectada pelos Aires Mateus em parceria com o João e Andreia Rodrigues. 

    A boa noticia é: este lindíssimo projecto, que já falei na integra aqui, pode ser visitado e pode também, ser alugado. Para isso, basta um clique aqui para ficarem a conhecer todos os pormenores.  

    Vai um mergulho? :)

  • → Instagram #04: @formascriticas

    Fotografar é um dos meus passatempos favoritos… por isso, tenho partilhado no instagram, com alguma frequência, imagens dos lugares por onde tenho passado. Acima, um pequeno resumo daquilo que podem ver aqui. Enjoy!

    LegendaUm pormenor do alçado da “nova” extensão do Oceário de Lisboa, projectada pelos Campos Costa Arquitectos. 2 - Câmara Municipal de Matosinhos por Alcino Soutinho. 3 - Pavilhão Multiusos de Viana do Castelo por Souto Moura. 4 - Pormenor da cobertura do Mar Shopping. 5 - Loja da Tous no Chiado. 6 - Piscinas das Marés do Siza Vieira. 7 - Pavilhão KAIROS por João Quintela e Tim Simon. 8 - Janelas com História, Leça. 9 - Ponte Vasco da Gama, Lisboa. 

    Follow me here, if you want! :)

  • → Quinta das Borralhas por Correia/Ragazzi Arquitectos.

    A Quinta das Borralhas em Guimarães, atualmente em construção, é mais um fantástico projecto assinado pela dupla - Graça Correia e Roberto Ragazzi. O desenho ortogonal, simples e elegante que estes continuamente nos têm habituado, está presente nesta curiosa habitação, perfeitamente inserida num ambiente rural, como nos indicam acima as simulações virtuais. 

    Segundo os autores:

    "Entering the farm it is clear the relation between the volume of the new construction in harmony with the rehabilitated pre-existences, surrounding an existing stone pavement that define a courtyard which is both living area but also area for the farm chores. The set reframes and values the existent granary, opposed to the house’s cantilevered suite, with the granite wine press that finishes the opposite side of the courtyard."

    Querem mais? Cliquem aqui

  • → Dermatology Clinic por Atelier Central Arquitectos. ©FG+SG

    Arquitetura de interiores, ao contrário de que muitos pensam, é uma das vertentes mais complexas e exigentes da nossa profissão, por isso, quando vi este projecto no facebook do Atelier Central, fiquei bastante surpreendido, quer pelo bom gosto, quer pela aparente qualidade do espaço.

    Gosto do contraste e da plasticidade do materiais, gosto da composição dos diferentes espaços e claro, a caixa de escadas, o elemento chave neste projecto, é muito interessante e imprime uma nova dimensão ao espaço, enaltecendo-o.

    Mais imagens aqui. Take a look

  • → Casa da Severa por José Adrião Arquitectos. ©Hugo Santos Silva

    Este projeto, assinado pelo arquiteto José Adrião, é um óptimo exemplo de como recuperar uma casa vulgar, implantada na intricada malha urbana do conhecido bairro da Mouraria, em Lisboa, e torná-la num “produto” agradável, útil e repleto de lindíssimos pormenores, como por exemplo: a caixa de escadas encarnada, o enorme vão virado para a pequena praça da Severa, repetidamente exposto acima nas imagens, ou até mesmo, o pavimento cerâmico. 

    Antes de terminar, não posso deixar de mostrar o meu profundo agrado pelo trabalho do fotógrafo - Hugo Santos Silva. As imagens estão muito bonitas, a luz está excelente e os enquadramentos parecem perfeitos. Well done!

    Abaixo um excerto da memória descritiva:

    The proposal has as its goal the transformation of a housing unit located at Largo da Severa, Mouraria distric, Lisbon, into a cultural equipment called Casa da Severa. Casa da Severa features a café/restaurant that can be accessed directly from the square by a staircase, which acts as a continuation of the public space. One of the walls of its interior is prepared for video projection. The ground-floor is where technical areas are located, kitchen, lavatory and storage. On warm days, fado can be sung on the upper outdoor landing, transforming it into a stage that opens towards the square and into the city." (via)

  • → River Champagne Bar por Michael Oliveira & Pedro Manuel Araújo

    O Michael Oliveira e o Pedro Manuel Araújo, por sinal meus “amigos”, são também, dois jovens promissores arquitetos que recentemente ganharam um concurso internacional de ideias, promovido pelo conceituado site AC-CA, para o River Champagne Bar, em Paris.

    Escusado será dizer que achei a ideia muito interessante e que as simulações virtuais e a axonometria… estão um luxo. Well done!

    Abaixo a memória descritiva:

    "The proposed building for The River Champagne Bar is intended to suggest an approach that endorses continuity offering acts of cultural and geographical recombination. The Building is an elegant contemporary response to Paris urban setting and natural entourage set in between formality and informality. Formally, the design highlights Paris classical Beaux-Arts palaces, and informally, it draws the lightest of breezes dancing through the river. Paris owes its motto to the Seine, and in a way, the Seine tells the story of Paris. It begins as a whisper, a promise, in which the breeze became a wind following the Seine through the heart of Paris.

    Throughout the arch of the bridges you’ll catch sight of the new building, people animating the space over the levels, like the Louvre playing hide and seek with the monuments of the city.  The approach of the project is a compact volume, which limits its contour impact to take full advantage of solar and local wind as it is, reducing the functional areas in order to enhance the fruition of space. The structure combines the use of forms and spaces that constitute an idea of historical sensitivity and awareness with contemporary technology by employing arches as beams, shapes as materials, touch, light, and sounds, both emotive and selective for a comfortable and pleasant atmosphere totally integrated in its environment and to the idea of what could be a champagne bar. The curving perimeter geometry created clearly acts on its relation to the smoothness silhouette of the tangent trees existing on the plot. The building is not however limited to its shape but also defines a number of ways to relax or appreciate the buzz of activity along the levels. Primarly, access is achieved trough the ground floor, by a spiral stair and an elevator situated under the golden brass arch base along the quayside, which on a sunny day you can catch the southern exposure on a walk around and underneath it, or sitting above the water-stairs connected to the river, appearing as a type of mirror in which the building finds its own reflection. Aboard the continuous terrace, you get full contact to Seine’s scenario, standing briskly, sauntering lazily, At the main bar seating room, on the ethereal cleared foggy glass volume, you can chill or dance, exploring an area between two levels, taking a champagne cup looming up to the sound of a musician playing a violin and, in the distance, looking out and enjoy the view. As such, Le Palais du Champagne appears in the most powerful expression as the affirmation of an Informal Classicism.”

    Vejam aqui as 10 propostas distinguidas pelo júri. Enjoy

  • → Vidago Palace Hotel por Siza Vieira. ©Architecture Video

    Numa semana marcada pela incerteza dos arquivos do Siza Vieira, leiam sobre a polémica aqui, nada melhor do que partilhar com vocês mais uma excelente intervenção deste arquiteto, o Palace Vidago Hotel.

    O projecto original de 1910, foi desenhado pelo arquiteto José Ferreira da Costa, no entanto, com o objectivo de o adaptar aos “tempos de agora” o arquiteto Siza Vieira reabilitou-o e ainda, desenhou uma série de volumes perfeitamente enquadrados com este centenário edifício.

    Curiosos? Cliquem no play e desfrutem de mais um interessante vídeo produzido pela Architecture Video. Enjoy